Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

21.Jan.19

É preciso falar sobre isto #2

Nos últimos tempos temos assistido a um movimento social com cada vez mais impacto no que refere aos direitos das mulheres, não só no que refere à igualdade salarial, mas sobretudo no que refere ao assédio e mimimi. Eu sou muito a favor disto, da igualdade entre géneros. E aqui acho que não entram feminismos, porque por muito que se advoque que o feminismo defende a igualdade, logo à partida a génese da palavra indica uma supremacia (tal como o indica o machismo), de modo que me (...)
27.Nov.18

#thisisnotconsent

Certamente que se aperceberam das fotos de roupa interior feminina que foram surgindo, ao longo dos últimos tempos, nas redes sociais como forma de protesto. Para aqueles que não estão a par, deixo-vos aqui todo o contexto. São histórias como esta que me revoltam as entranhas. Como é que, em 2018, ainda continuamos a ter esta (...)
25.Set.18

Pequenez e mesquinhice

A Federação Académica do Porto organizou, ontem, um protesto simbólico pela falta de alojamento para universitários na cidade (isto é, sem que se comprometam órgãos vitais) e eu acho isto lindo. Acho mesmo! Porque a minha geração raramente se manifesta, mas quando o faz é por causas que valem a pena, como esta, que vale e vale muito. Mudei-me para o Porto há oito anos atrás, de malas e bagagens para estudar na cidade Invicta, como sempre sonhei. Sabia que ia entrar na (...)
10.Set.18

É preciso falar sobre isto #1

Ontem foi um dia negro para o ténis. Muito negro. A final do US Open, uma das principais competições do ténis, foi assombrada por mais uma das enormes birras da Serena Williams. Sim, leram bem: b-i-r-r-a, foi aquilo que a Sôdona Serena Williams fez, yet again, é que não há outro nome que se lhe aplique, foi mesmo isso, uma birra. Então não é que, mesmo depois de ter violado as regras, ao aceitar indicações do treinador (que sim, admitiu ter dado instruções, não foi uma (...)
05.Set.18

O flagelo dos acrónimos com apóstrofos

Sinto que preciso de falar sobre isto. É um tópico que me incomoda há uns valentes anos, mesmo ainda nos tempos da primária, quando a Professora escrevia TPC's em vez de TPCs, este flagelo de usar apóstrofos para plurais de acrónimos. Ora então, vamos ver se a gente se entende: em português, o apóstrofo é utilizado somente para separar a contração ou aglutinação de preposições e conjuntos vocabulares distintos. Ou seja, podemos utilizar apóstrofos quando ficamos mais (...)
24.Ago.18

Está escolhida a escandaleira da semana? #3

Esqueçam a transferência do Ronaldo para a Juventus que isto é A transferência do ano. Eu sei que a notícia já não é de hoje, mas eu ainda estou meia incrédula com isto tudo e precisei de uns diazinhos para conseguir falar sobre isso. Então não é que a Cristina Ferreira vai trocar a TVI pela SIC? E para quê? Para competir com o Goucha, esse cutxi-cutxi que lhe estendeu o tapete para a rampa de lançamento. Oi? Como assim?! Se isto não é uma escandaleira, eu não sei o que (...)
08.Mai.18

why though? #1

Há uma nova rubrica aqui no blog, sobre aquelas coisas tão sem sentido que a pessoa só revira os olhos e se pergunta porquê....     Então, vamos lá: alguém reparou na pérola da TVI no passado sábado? A estreia do programa Conta-me como és. E o que é este programa, perguntam vocês? Aquele que pretende fazer frente ao Alta Definição. E como é que a TVI pretende fazer isso? Com um programa com as mesmas premissas, mesmo formato e no mesmo horário. Why though? Normalmente (...)
03.Mai.18

Não podemos acreditar em tudo o que vemos nas redes sociais

Eu, viciada em plataformas sociais, me confesso: papava (quase) tudo o que está nas redes sem questionar, assim t-u-d-i-n-h-o. Ah e tal que este produto é maravilhoso? Ai tenho de comprar para experimentar! Ah e tal esta dieta / exercícios dão esses resultados em três semanas? Ai! Vou já experimentar então! Ah, olha este casal tão cutxi-cutxi, sempre com declarações de amor pelas redes e fotos de babar... Aposto que eles são super felizes! Olha esta miúda, está tão magra e (...)
04.Abr.18

Quando se dá tempo de antena a quem não percebe nada do assunto...

Aqui há uns dias, numa dessas peças de alto calibre jornalístico, vi uma manifestação de trabalhadores em funções públicas pela igualdade salarial. Que ah e tal não era justo que colegas recebecessem mais do que quando faziam todos o mesmo trabalho e mimimi... Ontem foi outra pérola: sobre o novo regime da contratação pública e um Plano de Apoio às Artes. Que agora vai ser preciso justificar porque é que aquela pessoa é mais apta a exercer o cargo de realizador do que (...)
29.Mar.18

A necessidade de rotular as pessoas

Hoje estava numa reunião com uma série de dirigentes da organização em que trabalho, até que uma recebe um telefonema de uma dessas empresas de telecomunicações e a tratam por D. X.. Ora, a pessoa lá respondeu e às tantas, quando desliga, diz "olha, agora afinal sou dona. Logo eu que tenho licenciatura pré-bolonha e que até sou equiparada aos mestres". A gargalhada foi geral pelo tom despretensioso com que foi dito. Mas eu fiquei a pensar naquilo. Fiquei a pensar sobre os (...)