Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

06.Ago.18

Dos sítios que valem a pena #5: Veneza

Este ano as férias foram um bocadinho diferentes, substituímos o resort e a vida de comer-banhar-dormir por um super barco e um itinerário improvável para quem, como nós, gosta de férias de praia e de não fazer n-a-d-i-n-h-a. Hoje começo pelo início da viagem e também pela cidade que mais me aqueceu o coração, contra todas as perspetivas - Veneza.

O nosso cruzeiro partia de Veneza e, como nenhum de nós conhecia a cidade, pareceu-nos uma boa oportunidade para explorar um bocadinho o que Veneza tinha para oferecer. Confesso que fui sem grandes expectativas. Já tinha ouvido dizer muito mal de Veneza, que os canais emanavam um cheiro insuportável, que as pessoas não eram nada simpáticas, que era tudo caríssimo... Achei mesmo que ia ser um daqueles sítios super clichê repletos de turistas e, talvez por isso, por ter as expectativas tão baixas, fui agradavelmente surpreendida.

A beleza de Veneza é arrebatadora por ser tão diferente, tão única. E a verdade é que não tivemos muito tempo para visitar a cidade, gostamos de nos perder pelas ruas dos sítios que visitámos e foi isso mesmo que acabámos por fazer, também aqui. Por falta de tempo (e de vontade também), acabámos por não experimentar andar de gôndola, mas andamos nos canais e a verdade é que cidade ganha toda uma outra dimensão... Justo quando pensávamos que não podia melhorar. Os edifícios são de uma beleza quase irrealista, num contraste perfeitamente harmonioso entre a construção do Homem e a beleza da Natureza e a Praça de São Marcos, apesar de uma grande parte estar em obras, é o ex-líbris da cidade.

Já vos disse que Veneza é assim mesmo mesmo incrível? Eu também não acreditava, mas é mesmo gente. Acho, honestamente, que é a cidade mais bonita que visitei. E a sensação de começar um cruzeiro em Veneza, sair do porto ao final da tarde, com aquela música e aquele panorama incrível é uma sensação indescritível. É mesmo.

Deixo-vos aqui algumas fotos para que possam perceber um bocadinho melhor este meu estado de êxtase:

2018-07-21 08.34.10 1.jpg

 

2018-07-21 08.34.25 1.jpg

 

2018-07-21 08.34.42 1.jpg

 

2018-07-21 08.34.58 1.jpg

 

2018-07-21 08.35.21 1.jpg

 

2018-07-21 08.35.32 1.jpg

 

Como sempre, as fotos foram todas tiradas com o Huawei P20.