Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

Loose Lips

Devaneios sobre tudo e sobre nada.

23.Mai.19

Dos sítios que valem (muito) a pena #13 - Banguecoque

Estive na Tailândia pela primeira vez há 11 anos, com a minha família. Fizemos o percurso mais típico de visitar Banguecoque e Phuket, com uma visita às ilhas PhiPhi. Na altura fiquei perdida de amores por Banguecoque e com a sensação de que tinha ficado muita coisa por ver de todo o país e daquela cultura, de forma que ficou sempre o bichinho de lá voltar. E foi este ano que decidi passar 3 semanas a percorrer a Tailândia, com a A.. E gente, que lindo que foi!  Considero que, (...)
21.Mai.19

#semdesculpas

Já vos falei, no último post, sobre a importância de votar, sempre, mas sobretudo relativamente às eleições para o parlamento europeu, no próximo domingo. E, talvez eu tenha acordado tarde para estas questões do voto em situações mais delicadas, mas só agora me apercebi que nem sempre as pessoas que recorrem ao voto antecipado é por bons motivos (leia-se viajar). E isto (...)
15.Mai.19

Aviso à navegação

Para todos aqueles que dizem "Ah, mas eu nem sei em quem é para votar!", e como eu não quero que vos falte nada, deixo-vos aqui um teste muito simples  para que possam perceber quais dos eurodeputados portugueses se enquadram as vossas opiniões. Acho que é um bom ponto de partida para que depois possam explorar um bocadinho mais o manifesto (...)
14.Mai.19

O último dia

O meu último dia de trabalho foi a 22 de março. Foi um dia agitado, mas muito feliz, que traduz bastante bem como foram os últimos quatro anos. Depois de uma reunião que durou toda a manhã, de um almoço um tanto ou quanto apressado com a equipa e de uma tarde a passar trabalho e organizar as últimas coisas em falta, foi hora da despedida. Trabalhei num departamento de aproximadamente 60 pessoas e foi muito bonito ver que toquei quase todas elas, foi muito bonito sentir que as (...)
13.Mai.19

Retomar

Não sei bem como retomar, depois de quase dois meses de ausência. Sei que pode ter parecido desleixo da minha parte (talvez seja e eu queira só negá-lo), mas tive a vida tão preenchida nestes últimos dois meses, que não tirei o tempo que partilhar tudo isso aqui merecia.  Estou de volta agora e prometo tentar compensar a ausêcia e trazer-vos coisas boas. Porque os últimos meses foram, essencialmente, de coisas boas.  
19.Mar.19

Dos sítios que valem a pena #12 - Paris

Paris nunca foi a minha cidade. É uma cidade bonita, é uma cidade imponente e com milhões de história, sem dúvida. Mas falta-lhe um je ne sais quois... Já lá tinha ido umas cinco vezes e sempre foi esta a minha perspetiva. No entanto e porque sinto sempre que o problema é meu, decidi lá voltar. Desta vez com um grupo de amigas. A C. esteve lá no ano passado, a-d-o-r-o-u e lembrou-nos de uma coisa espetacular: todos os europeus com menos de 26 anos têm entrada gratuita em (...)
18.Mar.19

Cold feet

A ideia de mudar de emprego não é nova. Tive a sorte de poder ficar no sítio onde fiz estágio profissional e tem sido um percurso extremamente positivo e compensador, mas o meu objetivo nunca foi ficar por aqui. Sempre quis experimentar coisas diferentes, conhecer realidades diferentes e aprender, muito, para poder ser melhor, um bocadinho em cada dia. O ano passado foi o mais atribulado da minha vida adulta e a vontade de sair e de mudar começou a crescer cada vez mais. Não só por (...)
07.Mar.19

Está escolhida a escandaleira da semana? #4

Então não é que o Chef Kiko andou a pregar por este nosso Portugal que tinha vencido um concurso super especialíssimo da NASA, que iria levar as suas receitas de bolinhos de bacalhau a Marte e mimimi e afinal a realidade está a anos-luz do que realmente aconteceu? Ah? Ora então: o Chef Kiko que, desde logo, deixa muito a desejar quando, depois dos 12 anos, continua a querer que as pessoas o tratem pelo diminutivo de Kiko, que afinal não foi convidado coisa nenhuma, mas que se (...)
28.Fev.19

Por muito boa que seja uma proposta de emprego, vale a pena quando o processo de recrutamento é desgastante?

Sei que tenho andado ausente, mas os últimos tempos têm sido uma verdadeira roda-viva de coisas e emoções, o que faz com que o tempo para escrever escasse e a vontade também, admito. Ainda assim e como vos tinha dito aqui, estou em processo de procura de um novo desafio profissional e tem sido uma verdadeira odisseia. (...)